Vitorino Restaurante do Vitória Hotel Paulina fecha neste sábado a edição 2022 do Festival do Fundue

Dentro de sua programação de Inverno e no embalo da queda da temperatura, o Restaurante Vitorino, no Hotel Vitória Paulínia, promove nesse sábado (06) a última noite da edição 2022 do seu tradicional Fondue, típico prato de origem suíça. São duas opções para deleite dos hóspedes e moradores da cidade e região.

Os apaixonados por este prato terão à disposição o Savoyarde, fondue de queijo tradicional (gruyère e emmental), esta versão será disponibilizada aos clientes com 500 gramas (R$ 149,00) e 1 Kg (R$ 289,00) e no sistema de buffet a vontade os acompanhamentos: baguetes em cubos, batatinha sautée, dadinhos de carne e brócolis.

Já os amantes do chocolate poderão degustar o fondue tradicional, preparado com chocolate meio amargo derretido com um toque de vinho do Porto, com valores de R$ 139,00 (400 gramas) e R$ 259,00 (800 gramas). Os acompanhamentos também no sistema buffet: profiteroles com recheio de creme, mini brownies, frutas frescas e secas.

O Festival do Restaurante Vitorino é servido das 20h às 23h e as reservas antecipadas podem ser feitas pelo telefone (19) 3517.8500.

Bellini promove jantar harmonizado em parceria com a vinícola italiana Piccini

Piccini é uma das casas mais tradicionais da Toscana; evento acontece no dia 3 de agosto

Campinas, 20 de julho de 2022 – Localizado no Hotel Vitória Concept Campinas, o Bellini Ristorante promove no dia 03 de agosto, às 19h30, um jantar harmonizado com 05 rótulos da vinícola Toscana Piccini. A Gerente de Vendas América Latina da Piccini, Deborah Provenzani e a filha do proprietário da vinícola, Ginevra Piccini estarão presentes para troca de experiências e informações com o público.

Os eventos de harmonização com marcas renomadas fazem parte da estratégica dos restaurantes da Rede Vitória Hotéis. Além de aproximar o público amante do vinho aos grandes produtores mundiais, a harmonização serve para oferecer uma experiência diferenciada, unindo bebidas de qualidade com a alta gastronomia do Bellini Ristorante.

Para esta noite de degustação, as equipes do Bellini e da Vinci, importadora que fornece vinhos para a casa, prepararam um menu especial. Na entrada serão servidos petiscos com um Amuse Buche (Vito Sirah Rosé).

Na sequência, será servida salada de folhas verdes e rúcula, figo grelhado, laranja Bahia e queijo de cabra, Arancini de costela com creme, junto com um Siracha Jamon Serrano (60g)

Para os pratos quentes, o menu secionado conta com Camarões ao alho, azeite, salsinha e vinho branco e capellini nero – 120g, acompanhados de Memoro Bianco. Outro prato é o Torteli recheado com batata, alho poró, bacon e veloute de ervas, sendo um vinho Mario Primo Toscana Rosso 2019, para harmonização. A terceira opção de prato, Cejas grelhado ao molho Laperouse, cogumelos Portobelo recheado e mini legume, terá a companhia de um Brunello Villa Al Cortille 2016.

Para finalizar o jantar hamononizado, a receita escolhida foi um Mini Creme Brulée com o rótulo 1882 Spumante.

As reservas podem ser feitas pelo telefone (19) 3755-8027 e o investimento será de R$ 275,00 por pessoa mais o acréscimo de 10% da taxa de serviço. 

A Piccini é uma casa bastante tradicional da Toscana, na Itália. Criada em 1882 com apenas 7 hectares, produzia Chiantis vendidos nos antigos fiascos de palha. Hoje, comandada pela quarta geração da família Piccini, é a segunda maior vinícola toscana (atrás apenas da Antinori). Tem mais de 400 hectares de terras em quatro propriedades na Toscana e Basilicata, e produz 20 milhões de garrafas por ano. A empresa oferece Chiantis e outros vinhos bem-feitos, com fruta agradável, fáceis de beber, alguns a preços bastante acessíveis.

Rede Vitória Hotéis abre as portas para o projeto Jovem Chef, da ONG Mae Maria Rosa

Iniciativa tem como proposta treinar e inserir adolescentes e jovens de 15 a 24 anos no mercado de trabalho

Campinas, 21 de julho de 2022 – Os bares e restaurantes da Região Metropolitana de Campinas (RMC) veem sofrendo dificuldades na hora de contratar. De acordo com dados da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel) Regional Campinas, a cada 10 restaurantes, quatro buscam e não conseguem encontrar profissionais especializados.

Visando solucionar essa questão, principalmente para atender a demanda no período de reabertura do comércio e capacitar jovens e adolescentes, o Movimento Assistencial Espírita Maria Rosa, promove, em parceria com a Fundação FEAC por meio do programa Juventudes, o Projeto Jovem Chef. 

O objetivo é explorar a gastronomia como uma ferramenta de inserção social aliada a formação de mão de obra qualificada, oferecendo gratuitamente noções básicas de gastronomia a jovens de 15 a 24 anos para inseri-los no mercado de trabalho e incentivá-los a empreender nesta área. Com conteúdo amplo e completo e grade curricular equivalente ao do primeiro ano de um curso universitário, o Jovem Chef tem aulas guiadas e práticas sobre cortes, higiene, manipulação de alimentos; legumes; caldos e bases; molhos e massas; carnes, peixes e frango; saladas e grãos; bolos básicos e decorados; panificação; entre outros temas.

Segundo Tatiane Zamai, líder do programa Juventudes, os projetos do programa voltados ao mundo do trabalho têm como premissa ampliar as possibilidades de escolhas dos jovens a partir de suas potencialidades, habilidades e desejos, fomentando novos espaços para o trabalho, o empreendedorismo e oportunidades para construção de seus projetos de vida.

O projeto Jovem Chef atende jovens da região dos Amarias, das comunidades do São Marcos, Santa Mônica e outros bairros, localizados em Campinas, e de cidades vizinhas como bairro do Matão em Sumaré, que buscaram o projeto não apenas para o curso de Chef, mas também para outras atividades voltadas ao empreendedorismo.

A Rede Vitória Hotéis, proprietária de cinco empreendimentos hoteleiros e diversos restaurantes, iniciou uma parceria com o projeto Jovem Chef, inicialmente oferecendo módulos de aulas online no período mais rigoroso da pandemia. Com isso, passou a admitir os jovens como jovem aprendiz, com idade entre 18 a 24 anos. Um já foi contratado definitivamente e outros dois participantes do projeto por um ano e meio nos hotéis do grupo.

O projeto Jovem Chef atende jovens das comunidades do São Marcos, Santa Mônica e Matão, localizadas em Campinas, que buscaram o projeto não apenas para o curso de Chef, mas também para outras atividades voltadas ao empreendedorismo.

“No nosso caso, abrimos as portas como oportunidade para o setor que atuamos, que são os hotéis e restaurantes. Temos consciência que é algo importante para os jovens, pois abre novas perspectivas e inserção no mercado de trabalho, além de capacitação para uma área que enfrenta grande dificuldade de mão de obra”, afirma Eduardo Porto, diretor de marketing da Rede Vitória Hotéis.

Com apoio do Vitória Hotéis, Sinfônica de Campinas faz concerto de aniversário com novo maestro e Fafá de Belém

A Orquestra Sinfônica vai presentear Campinas, pelos seus 248 anos, com um concerto que marca a estreia do novo regente titular e maestro Carlos Prazeres, e também terá a participação especial da cantora Fafá de Belém. A apresentação será aberta ao público, neste domingo, 17 de julho, às 18h, na Concha Acústica do Taquaral. A entrada é pelo portão 2.


“É um presente duplo que Campinas recebe: primeiro, porque será um evento público e aberto para toda a população, prepaprado com muito carinho; depois, tem a chegada do maestro e também a presença da Fafá de Belém, que vem abrilhantar e marcar essa data tão especial para todos nós”, destacou a secretária municipal de Cultura e Turismo, Alexandra Caprioli. A realização do concerto é da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo.


Carlos Prazeres estreia como regente titular e maestro da Sinfônica, com a perspectiva de trazer modernidade, atualidade e inovação para a Orquestra. O programa, que ele próprio escolheu para esta ocasião, é uma mostra significativa e simbólica da proposta que traz para a OSMC.

“Estou chegando agora e começo do zero”, diz Prazeres sobre a escolha, para a abertura, de “Alvorada”, da ópera “Lo Schiavo”, de Carlos Gomes. “A ausência de movimento no início da composição é uma alvorada, um despertar, um amanhecer”, descreve ele.


O programa será “uma inusitada junção da música brasileira com a música tcheca”. O repertório traz “O Moldávia”, de Bedřich Smetana. De forma didática, Prazeres explica porque escolheu o rio da Moldávia, na Romênia, para esta sua primeira apresentação ao público: “É interessante porque a música começa com uma junção de duas flautas simbolizando aquele barulho que se ouve da nascente de um rio. E vai crescendo, vai ganhando forma e se torna um rio de verdade. É isso que a gente quer aqui: começar esse rio e em algum momento conseguir chegar ao mar”.

A Bruxa do Meio-Dia

Quem já ouviu falar da Bruxa do Meio-Dia, do compositor Antonín Dvořák? O público em geral vai poder conhecer o poema sinfônico, que conta uma história de terror. A música reflete o dramatismo do enredo, da luta de uma criança rebelde e sua mãe diante das tentativas da bruxa de se apoderar da criança.


Para terminar em clima de festa, vem “Batuque”, da suíte “Reisado do Pastoreio”, “uma potencialidade de música, considerada uma das mais envolventes e empolgantes”, explica Prazeres. “Depois dessa catarse, entregamos o concerto para essa pessoa sensacional que é a Fafá de Belém”.

Fafá de Belém

A cantora, compositora e atriz brasileira separou músicas consagradas do público para trazer aos ouvintes campineiros: Ave Maria, Coração do Agreste, Dentro de mim, Foi assim, Memórias, Nuvem de lágrimas e Sob medida.


Programa

Orquestra Sinfônica de Campinas

1. Alvorada, da ópera Lo Schiavo
Carlos Gomes

2. O Moldávia
Bedřich Smetana

3. A Bruxa do meio-dia
Antonín Dvořák

4. Batuque (da suíte Reisado do Pastoreio)
Oscar Lorenzo Fernandez


Repertório – Fafá de Belém

Ave Maria

Coração do Agreste

Dentro de mim

Foi assim

Memórias

Nuvem de lágrimas

Sob medida
 


Serviço

Concerto de Aniversário de Campinas da Orquestra Sinfônica Municipal de Campinas

Regente titular e maestro: Carlos Prazeres


Dia: 17 de julho ( domingo)
Horário: 18h
Local: Concha Acústica do Taquaral, Avenida Heitor Penteado, s/n. Entrada pelo Portão 2.
Entrada gratuita
Patrocínio: Azul, Bosch, Sanasa

Apoio: Direção Cultura, Eletromidia, Geraldo Alta Costura, Royal Palm Hotéis e Vitória Hotéis)

Foto crédito / Carlos Bassan (Prefeitura de Campinas)

Risotos criativos para o inverno

O Clube Gourmet pediu o auxílio do chef Lucas Batista, coordenador do setor de Alimentos e Bebidas da Rede Vitória Hotéis e chefe de cozinha da unidade de Indaiatuba 

O inverno está batendo à porta, com dias mais gelados por conta das frentes frias. Seja no almoço ou jantar, tudo o que precisamos é esquentar o corpo com pratos que reconfortam e alimentam. E uma das boas opções, nesta época, são os risotos.

O Clube Gourmet pediu o auxílio do chef Lucas Batista, coordenador do setor de Alimentos e Bebidas da Rede Vitória Hotéis e chefe de cozinha da unidade de Indaiatuba, para nos ajudar a sair do lugar comum no momento de preparar o prato.

E, como a época é propícia, segundo o chef Lucas Batista, sua primeira sugestão é o risoto de pinhão. “É um risoto diferente, o pinhão é um fruto maravilhoso, que você pode fazer cozido, assado, ou pode deixá-lo secar e fazer raspadinho e usar como se fosse uma farofa . É um produto natural, estamos na época perfeita para se encontrar, além disso é barato. Você pode usar todo luxo e criatividade em cima desse prato”, orienta.

Os queijos também são ótima opção para os risotos, na avaliação do chef, assim como as famosas linguiças de Bragança com erva-doce, com queijo ou com rúcula.

As carnes de porco também agregam muito um risoto, conforme Batista. “Aquele pernil que você fez para um almoço e que sobrou um pedacinho, você pode desfiar e fazer junto com um risoto, fica maravilhoso! O mesmo vale para a costela defumada ao barbecue, pois ela tem todo um sabor agregado. Fica sensacional, pois você consegue trabalhar essa carne mais forte e suculenta, como a de porco, com a suavidade e delicadeza do risoto”, indica.

Outra sugestão é utilizar frutas, como a manga ou o figo, informa Batista. “O figo em calda ou ao natural com gorgonzola dá um contraste muito grande. Um risoto com frutas vermelhas ou morangos também é boa opção. Ou, por exemplo, um risoto de carne de pato com uva verde, que dá um contraste muito gostoso.Em resumo, é saber ousar e trabalhar uma boa base, sempre natural e sem temperos químicos, com o grão bem cozido. O restante só vai exaltar e complementar o prato”.

Batista compartilhou uma receita de risoto que ele diz que gosta de fazer e que é dele. “Muitas pessoas acham estranho, mas eu gosto, que é o risoto de peito de peru com cerejas ao marrasquino. É maravilhoso e diferente, porque você está juntando uma carne defumada com uma cereja ao licor. Pode fazer com a natural também, mas com a cereja ao marrasquino você dá uma intensidade. É sair do comum e fazer algo diferente”, observa.

Risoto de peito de peru com cereja ao marrasquino (Chef Lucas Batista)

Ingredientes

1 xícara de arroz arbóreo, 1 taça de vinho branco (120ml), ½ cebola branca picada, 2 dentes de alho picados, 2 colheres (sopa) de azeite, 2l de caldo de legumes (caseiro), 150g de peito de peru cortado em cubos de 1cm X 1cm, 20g de cereja ao marrasquino (ou cereja em calda), 20g de parmesão, 1 colher (sopa) de manteiga gelada, 1 colher (sop)a de salsinha picada, quanto baste de sal e pimenta.

Modo de preparo

Em uma panela funda, grelhe os cubos de peito de peru com azeite. Retire e reserve. Na mesma panela, refogue o alho, a cebola e o arroz arbóreo. Assim que estiver bem refogado, acrescente o vinho branco, mexa delicadamente, acertando o nível do arroz.

Assim que secar o vinho, acrescente o caldo de legumes aos poucos, sempre cobrindo a camada de arroz, até secar, abaixando a temperatura do fogão em fogo médio, para não secar rapidamente o caldo e o arroz ficar cru. O arroz irá inchar e, aos poucos, irá sumir o tom bem branco, no centro dos grãos, indicando que está cozinhando.

Assim que o grão estiver cozido, acrescente o peito de peru reservado e mexa delicadamente. Junte o parmesão e a manteiga de uma só vez, mexendo até ficar cremoso. Acrescente as cerejas e a salsinha. Acerte o sal e a pimenta à gosto e bom apetite! 

Ficou com água na boca? Marque em sua agenda e vá conferir esta delicia no Vick de Indaiatuba

Restaurante Vick, no Hotel Vitória Indaiatuba, tem cardápio especial para o inverno

Campinas, 14 de junho de 2022 – Com a queda da temperatura, consumidores buscam novas opções gastronômicas de comidas e bebidas quentes para aquecer os dias frios. Para atender este público, o Vick Pizza & Cozinha, localizado no Vitória Hotel Convention Indaiatuba, preparou um cardápio especial para os meses de junho e julho, com o Festival de Cremes e Sopas, nas noites de quinta-feira, e Feijoada, no almoço de sábado.

A cada quinta-feira, o Festival de Cremes e Sopas conta com cinco opções diferentes de sabores. O prato é servido com diversos acompanhamentos, além de pães variados. Em sistema de buffet, o Festival acontece das 19h às 23h, com valor fechado de R$ 62 por pessoa.

Já no almoço de sábado, a atração do cardápio é a Feijoada, um dos pratos favoritos dos brasileiros nesta época do ano. Elaborada com ingredientes tradicionais e todos servidos separados, como feijão preto, paio, costelinha, mandioca, carne de porco e todos os seus acompanhamentos, a feijoada do Vick tem como marca a suavidade e leveza de sabor.

Ele será servido somente aos sábados, no horário de almoço, em sistema de buffet, com valor fixo de R$ 69,90, incluindo sobremesa e as demais opções do cardápio do dia.

Vitória Hotéis faz parceria com o Hemocentro da Unicamp para incentivar doação de sangue

Com estoques de sangue baixos, o Hemocentro da Unicamp está realizando durante todo o mês o Junho Vermelho, uma campanha para incentivar a população da região a doar sangue e ajudar a salvar vidas. E para atingir a meta, a instituição tem recorrido a parcerias com empresas do setor privado de forma a aumentar o número de doadores. É o caso da Rede Vitória Hotéis, com unidades em Campinas, Indaiatuba e Paulínia, que acaba de fechar parceria por esta causa.

As unidades da rede hoteleira estão pedindo aos seus hóspedes e visitantes que também façam parte dessa corrente e, para isso, fechou duas datas iniciais para coleta, na próxima semana. No dia 14 de junho, as pessoas poderão fazer a doação em dois pontos de coleta: na Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), no período das 7h30 às 19h, e no Hospital Mário Gatti, das 7h30 às 17h.

Eduardo Porto, diretor de Marketing da Rede Vitória Hotéis, diz que por serem locais com alta rotatividade de pessoas, tanto nos hotéis como nos restaurantes, o grupo encampou esta ideia do Hemocentro.  “Estamos com cartazes em pontos estratégicos dos hotéis e restaurantes para despertar nas pessoas a importância da doação e recomposição dos estoques para salvar vidas”.

Requisitos básicos para doação

» Estar em boas condições de saúde.

» Ter entre 16 e 69 anos, desde que a primeira doação tenha sido feita até 60 anos (menores de 18 anos, clique para ver documentos necessários e formulário de autorização).

» Pesar no mínimo 50kg.

» Estar descansado (ter dormido pelo menos 6 horas nas últimas 24 horas).

» Estar alimentado (evitar alimentação gordurosa nas 4 horas que antecedem a doação).

» Apresentar documento original com foto recente, que permita a identificação do candidato, emitido por órgão oficial (Carteira de Identidade ou cópia autenticada; Cartão de Identidade de Profissional Liberal; Carteira de Trabalho e Previdência Social; Carteira Nacional de Habilitação, digital ou física; RNE – Registro Nacional de Estrangeiro; Título de Eleitor Digital, desde que tenha a foto; e Passaporte brasileiro com filiação).

Spa, jantares e quartos decorados compõem o cardápio da Rede Vitória Hotéis para o Dia dos Namorados

Hotéis e restaurantes do grupo terão pacotes a partir do dia 10 de junho

Pacotes de hospedagem em quartos decorados, sessões de spa e massagens e jantares especiais nos restaurantes do grupo compõem o cardápio de opções criado pela Rede Vitória Hotéis para os casais curtirem o romantismo no Dia dos Namorados, no próximo dia 12. Quatro das cinco unidades da rede em Campinas, Indaiatuba e Paulínia, além dos restaurantes que integram o grupo, criaram opções diferenciadas entre os dias 10 e 12, para marcar a data.

Localizado no bairro Cambuí, em Campinas, o Hotel Vitória Concept disponibiliza pacotes especiais repleto de charme e requinte. Para receber os casais, os quartos receberão decoração especial com balões, pétalas de rosas e velas perfumadas; shampoos e sabonetes especiais, mini espumante (187 ml), buquê de rosas, chocolate especial, além de servir café da manhã na suíte

No mesmo Hotel, o Spa Serena terá combos especiais para o casal, com massagem com velas, Reflexologia dos pés, banho de vinho e espumante, com duração de 1h40. Também serão oferecidos pacotes individuais. Para as mulheres, Spa pés e mãos, Massagem de velas, banho, hidratação facial, e para os homens, massagem crânio facial, massagem dorsal e Reflexologia dos pés.

Localizados no Vitória Hotel Concept, o Kindai, casa especializada em comida japonesa, receberá os casais com o Festival dos Namorados, com um menu especial, composto de quatro entradas, oito combinados, dois pratos quentes e duas sobremesas.

Por sua vez, o Bellini Ristorante, de comida contemporânea e italiana, terá jantares dedicados aos namorados nos dias 10 (sexta) e 11 (sábado), com um menu especial, com duas opções de entrada, quatro pratos quentes e três opções de sobremesas, além de uma das mais completas cartas de vinhos da região.

Outra unidade da Rede na cidade, o Express Dom Pedro Campinas também terá pacotes especiais, mediante reservas antecipadas,

Paulínia

O Vitória Hotel Convention Paulínia também terá pacotes especiais de hospedagem, com jantar para o casal no restaurante Vitorino, apartamento decorado com ramalhetes de rosas vermelhas envolvidas em juta e pétalas de rosas; amanenities diferenciados; Rosa de chocolate da Kopenhagen; espumante 750 ml.

Já para os casais que não desejam passar a noite no hotel, mas curtir um jantar comemorativo a dois, o restaurante Vitorino terá jantar na véspera do Dia dos Namorados, das 20h às 23h, com opções de entradas, pratos quentes e sobremesas. Neste dia o salão receberá decoração especial e música do vivo.

Indaiatuba

Para quem mora ou está de viagem por Indaiatuba, uma opção é o Vick Restaurante, localizado no Vitória Hotel Indaiatuba, que no sábado, dia 11, vai estar aberto para o Jantar Especial de Namorados. O menu terá mesa fria, 4 opções de pratos principais com carne, peixe, arroz e Sofietelli de Áboras com Queijo de Cabra e Limão Siciliano, três opções de sobremesa, além de mesa do café.

Restaurante Vitorino, no Hotel Vitória Paulínia, incrementa almoço com sua tradicional feijoada

Campinas, 2 de maio de 2022 – Com a queda da temperatura consumidores buscam novas opções gastronômicas de comidas e bebidas quentes para aquecer os dias frios. E um dos pratos favoritos dos brasileiros nesta época do ano é a tradicional e brasileiríssima feijoada. Pensando nesta mudança de hábito alimentar sazonal, o restaurante Vitorino, localizado no Vitória Hotel Convention Paulínia, está diversificando seu cardápio tradicional de almoço, com a inclusão do prato no buffet todas as quartas-feiras.

Elaborada com ingredientes tradicionais, como feijão preto, paio, costelinha, mandioca, carne de porco e todos os seus acompanhamentos, a feijoada do Vitorino tem como marca a suavidade e leveza de sabor. A receita, que volta a ser servida após a pandemia, é elaborada e assinada pelo Chef Leonardo Cruz, responsável pelo restaurante de Paulínia.

Ana Murad, gerente do complexo hoteleiro na cidade, conta que este prato sempre foi sucesso entre os hóspedes de passagem pela cidade e os próprios moradores de Paulínia e cidades da região. Ele será servido somente às quartas-feiras, no horário de almoço, em sistema de buffet, com valor fixo de R$ 69,90, incluindo sobremesa e as demais opções do cardápio do dia.

A gerente lembra que, para quem não gosta de feijoada, o buffet do Vittorino também oferece outras opções de pratos, com um cardápio diversificado para todos os gostos. “Em breve, teremos outras novidades em fase de elaboração e festivais únicos com outros pratos para as estações mais frias, que são marcas reconhecidas da casa”, completa Ana.

Região de Campinas se firma no mapa do turismo de lazer

Certificação do Ministério do Turismo eleva status de Campinas como destino

Jornal Correio

Consolidada como um atrativo para o turismo de negócios por conta de toda a estrutura oferecida, Campinas e região vivenciam um fortalecimento também no turismo de lazer, que já representa 20% do faturamento do setor, principalmente nos finais de semanas, feriados e férias. Isso garantiu à cidade duas certificações em menos de 30 dias, uma delas do Ministério do Turismo do Governo Federal. 

Segundo o Convention & Visitors Bureau (CRC&VB), uma explicação para o crescimento do setor de turismo de lazer na região está calçada em um fenômeno do pós-pandemia, quando os turistas acabaram incorporando em seus destinos de lazer viagens mais curtas e próximas. Essa nova postura já é sentida nos setores hoteleiro e gastronômico da região. O turismo de negócios responde por 80% da economia turística na região. “Moradores e turistas passaram a valorizar e descobrir ainda mais as atrações regionais, aumentando os passeios mais próximos e hospedagens em hotéis nos finais de semana, feriados prolongados e férias”, explica Vanderlei Costa, presidente da entidade. 

Segundo ele, no caso de Campinas, a estrutura rodoviária e até aérea já conhecida pelo turismo de negócios contribui para alavancar ainda mais o turismo de lazer. “A região reúne uma série de atrativos pouco conhecidos e explorados, como as áreas de proteção ambiental, casarões históricos, museus, parques, passeios ferroviários e eventos. Isso vem sendo cada vez mais observado pelos turistas, que vêm para a cidade e região para participar de algum evento ou ficam pela cidade para negócios”, disse. 

De olho nas possibilidades que o turismo de lazer pode oferecer, Campinas vem fazendo a sua parte. Na semana passada, a cidade recebeu do Ministério do Turismo, o certificado que integra o município no Sistema de Informações do Mapa do Turismo Brasileiro. Esse documento reforça a cidade como destino turístico de referência no país, e abre caminho para novas oportunidades de negócios e investimentos para além do turismo de negócios. Para especialistas, esse tipo de certificação coloca a cidade no radar dos recursos federais para programas de incentivo ao setor e permite ao município explorar ainda mais os seus atrativos. 

O certificado integra o Programa de Regionalização do Turismo, no qual Campinas faz parte. No Brasil, são 62 municípios vinculados ao Mapa e na Região Sudeste, 22. De acordo com informações do Ministério do Turismo, o Mapa reúne municípios com real vocação turística ou impactados pelo setor. O objetivo dele é nortear a definição de políticas públicas, incluindo a destinação de recursos do Ministério do Turismo para obras de infraestrutura e oferta de cursos de qualificação profissional, por exemplo. 

No mapa, os municípios são classificados de A a E. Esta categorização leva em conta o desempenho da economia no turismo, a partir de algumas variáveis. Entre elas estão a quantidade de estabelecimentos de hospedagens, empregos, estimativa de visitantes domésticos e internacionais e arrecadação de impostos federais nos meios de hospedagens. Campinas é classificada na categoria A. 

Como importante polo indutor de turismo da região, Campinas também aparece entre os 11 principais destinos turísticos do Estado de São Paulo ao fazer parte da Região Turística Bem Viver, circuito de municípios com planos de desenvolvimento turístico consolidado. O último dado da Administração mostra que o setor de turismo é responsável por um movimento da ordem de R$ 208 milhões em arrecadação de Imposto Sobre Qualquer Natureza (ISQN). 

O diretor do departamento de turismo, Eros Vizel, da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo, observa a certificação como um reconhecimento importante e resultado do trabalho que a cidade vem fazendo como polo difusor do turismo de lazer para a região. “Campinas integra um grupo muito especial de destinos turísticos nacionais tanto pelo Estado quanto pela Federação e está cercada de cidades que também possuem destinos e atrativos turísticos muito interessantes e procurados, que proporcionam experiências aos turistas de lazer”, explica. 

Entre os melhores destinos da região, destaque para Holambra, que, além da tradicional Expoflora, dispõe de diversos outros atrativos e passeios relacionados à cultura holandesa. Em Americana, existe o Zoológico Municipal, além da Basílica de Santo Antônio de Pádua, conhecida por ser uma das mais ricas em esculturas e arte sacra do Estado. Ainda na vizinha Hortolândia um passeio muito procurado é a visitação na Lagoa Santa Clara e o Parque Socioambiental Irmã Dorothy Stang, além do Parque Ambiental Remanso das Águas e o Parque Socioambiental Chico Mendes. 

Em Nova Odessa, a opção para um passeio turístico fica por conta do Largo das Flores, do Parque Ecológico Isidoro Bordon, e do Zoológico Municipal. Já em Sumaré, tem o Paraíso das Águas e o Horto Florestal, além da Estação Ferroviária e Represa Marcelo Pedroni. Em Santa Bárbara D´Oeste, pode ser visitado o Parque dos Ipês.

Em Campinas, o turismo de lazer é representado pelo Parque Taquaral, Bosque dos Jequitibás, Pedreira do Chapadão, Museu do Café e o potencial atrativo turístico ligado à aventura e a astronomia no distrito de Joaquim Egídio, onde o turista pode visitar o Pico das Cabas, onde ficam o Observatório Municipal de Campinas “Jean Nicolini” e Museu Aberto de Astronomia.

O professor Marcelo Adhemar Pérez Lopez, das faculdades de Turismo e de Publicidade e Propaganda, da Pontifícia Universidade Católica de Campinas (Puc-Campinas), entende como fundamental para a cidade desenvolver um ambiente local para impulsionar o setor do turismo a partir desses reconhecimentos. 

O professor ressalta a capacidade da cidade como destino turístico pela infraestrutura que Campinas já apresenta tanto do ponto de vista logístico quanto hoteleiro, mas alerta também para a necessidade da manutenção do potencial de desenvolvimento de outros setores do turismo. “A cidade é uma grande indutora e precisa oferecer possibilidades de roteiros, como o gastronômico, por exemplo. Isso faz com que Campinas seja um centro receptivo que atenda as pessoas que queiram visitar a região. As pessoas podem através de uma infraestrutura pré-estabelecida ter sua vinda de Estados bem distantes, tendo toda a facilidade de turismo em Campinas e no entorno”, disse. 

O professor cita, como exemplo, as possibilidades de desfrutar de uma experiência turística em cidades localizadas num raio de 50km a 100km de distância de Campinas. “A pessoa pode ficar em Campinas e ter uma experiência em Holambra. Ou talvez em Amparo, numa fazenda de produção de queijos. Ou ir para Socorro, para um turismo de aventura, ou até para o Sul de Minas, como Monte Sião”, disse. 

Além de ter sido incluída no Mapa do Turismo, Campinas, recentemente, também apareceu no topo do ranking das cinco cidades que têm índices de satisfação superiores a 90% sob o aspecto turístico no Estado de São Paulo. O trabalho foi uma Pesquisa do Centro de Inteligência da Economia do Turismo (CIET), da Secretaria de Turismo e Viagens do Estado. O ranking foi realizado com base na observação dos próprios turistas por meio de plataformas como o Trip Advisor e Google. 

O nível de satisfação atribuído a Campinas supera o de cidades paulistas com outros atrativos como Santos, 93,65%, Aparecida, 91,95%, Ribeirão Preto, 91,51%, e Eldorado, 90,05%. O monitoramento realizado pelo CIET cobre várias categorias de turismo, como o religioso, aventura, ecológico, praias, lazer, serra e o de negócios. 

fonte: https://correio.rac.com.br/campinasermc/regi-o-de-campinas-se-firma-no-mapa-do-turismo-de-lazer-1.1246266